Gravidez Ectópica: Saiba o que é e como proceder nessa gestação!

0
Gravidez Ectópica: Saiba o que é e como proceder nessa gestação!

A gravidez quando de maneira normal e sem alterações acontece quando o óvulo é fecundado no útero. Quando isso acontece em qualquer lugar que não seja ali, ela é chamada de Gravidez Ectópica e muitas vezes é um período delicado tanto para a mãe,  pois na maioria dos casos esse tipo de gestação não prossegue normalmente, pois o feto não consegue se desenvolver fora do útero da mãe.

Se você quer saber mais sobre a gravidez ectópica, como ocorre, os cuidados especiais e os riscos, continue lendo nosso artigo que vamos explicar tudo.

O que é Gravidez Ectópica

A Gravidez Ectópica acontece quando o óvulo não é fecundado no útero, em 95% dos casos isso acontece nas trompas de falópio, mas pode ocorrer em outros locais também. Esse tipo de gravidez é fácil de ser identificada devido aos sintomas que apresenta, porém é uma gravidez mais delicada e que deve ter acompanhamento frequente com um médico para que ele saiba como está a saúde da mãe e do bebê. Além dele recomendar medidas e medicações necessárias para que o feto consiga se formar perfeitamente e para que a mãe não venha apresentar sequelas no futuro.

Em muitos casos, quando se tem esse tipo de gestação o parto tem de ser feito por meio de uma cesária.

Sintomas da Gravidez Ectópica

Os sintomas de uma gravidez ectópica são fáceis de serem percebidos, pois além dos sintomas de uma gravidez normal, a mulher também apresenta dores e alterações no corpo que não são comuns em uma gestação normalmente.

o que é a gravidez ectópicaOs principais sintomas e que devem ser observados com bastante atenção são

  • Sangramentos
  • Dores no abdômen de maneira intensa e especialmente apenas de um lado da barriga
  • sensação de peso sobre a vagina
  • Dores no útero
  • Inchaço no adômem
  • Exame beta HCG pode dar negativo, o que faz pensar que não se está grávida. Nesse caso é recomendado uma ultrassom para confirmar.

Quando se apresenta esses sintomas acompanhado dos sintomas normais de uma gestação, como o sono, apetite maior, enjoo, vômito, dores pelo corpo e ausência da menstruação, mesmo que um teste de gravidez dê negativo, é necessário consultar um médico para que ele faça um exame e uma ultrassom para constatar se está ocorrendo uma gravidez ectópica.

Gravidez Ectópica acontece até quando

Quando se tem uma Gravidez Ectópica e ela é descoberta até 14 semanas, quando o embrião ainda não se desenvolveu, o médico pode recomendar medicamentos que ajudem que o feto vá para o útero e assim salvar o embrião. Mas dependendo de onde está sendo essa gestação a solução pode ser um aborto espontâneo, feito com medicamentos corretos e só possível até a 8º semana. Acima de 14 semanas não é possível salvar o embrião, caso ainda seja uma gravidez ectópica, então nesse caso é necessário realizar uma cirurgia para retirar o feto.

Quem teve Gravidez Ectópica pode engravidar de novo?

Caso uma mulher que teve a gravidez ectópica queira engravidar novamente é possível sim, mas é preciso ter um acompanhamento médico e o uso de medicamentos para evitar que exista uma nova fecundação fora do útero. A gravidez pode acontecer de maneira natural, sem a necessidade de tratamentos para aumentar a fertilidade.

pode engravidar depois de uma gravidez ectópicaFatores de risco para um gravidez ectópica

Não é possível dizer 100% quais são as causas para uma gravidez ectópica, porém existem alguns fatores que podem contribuir para que ela exista. Entre eles estão:

  • Gravidez ectópica anterior
  • Infecção e inflamações nas trompas
  • Tabagismo
  • problemas hormônais
  • Mulheres que tentam engravidar após os 35 anos
  • Histórico de endometriose
  • DSTs anteriores
  • Uso do DIU de maneira incorreta
  • GRavidez mesmo após laqueadura
  • Problemas de fertilidade
  • Falta de acompanhamento médico

Esses são fatores que devem ser observados no momento que se está tentando engravidar, pois com o auxílio de um médico é possível fazer o uso de medicamentos certos para poder ter uma gestação normal.

Em casos de uma gestação ectópica que foi tratada da maneira correta e diagnosticada precocemente, é possível que cerca de 60% das mulheres tenham no futuro uma gravidez normal, sem a necessidade tratamentos para engravidar. Porém é preciso sempre ter acompanhamento de um médico para evitar que se tenha outra gravidez ectópica.

Se você ainda têm dúvidas sobre esse tipo de gravidez, como diagnosticar e como proceder, então nos deixe um comentário com a sua dúvida!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *