Ciclo 21: Engorda? Como tomar? Qual é o preço? É forte? Dá espinha? Pode provocar trombose?

Ciclo 21: Engorda? Como tomar? Qual é o preço? É forte? Dá espinha? Pode provocar trombose?

O ciclo 21 é um dos contraceptivos mais populares do Brasil, e o principal motivo para isso é o fato dele ser um dos mais baratos que existe no mercado, o que acaba atraindo bastante as mulheres. Além disso, o ciclo 21 é disponibilizado em postos públicos gratuitamente, a fim de ajudar aquelas que não possuem condições financeiras de arcarem com esse custo extra na sua rotina. E com esse uso cada vez maior, é totalmente compreensivo que as mulheres acabem tendo diversas dúvidas, tais como, Ciclo 21: Engorda? Como tomar? Qual é o preço? É forte? Dá espinha? Pode provocar trombose?

Para entender melhor como o Ciclo 21 age no corpo é necessário compreender melhor os seus componentes. Esse medicamento é feito a partir de uma combinação do etinilestradiol (uma forma sintética do estrogênio) com o levonorgestrel (uma forma sintética da progesterona).

Essa combinação quando ingerida diariamente faz com que a ovulação seja completamente nula, tornando, portanto, a gravidez impossível de acontecer, sendo que por conter essa carga de hormônicas muitas mulheres se preocupam sobre se o Ciclo 21 engorda ou não.

O Ciclo 21 engorda?

O primeiro é esclarecer que não existe nada comprovado entre o Ciclo 21 e o ganho de peso. Apesar de haver diversos relatos sobre o aumento de peso, nada foi comprovado e nem todos os usuários sofrem com esse sintoma, porém, o correto é ter em mente que assim como outras combinações hormonais, é perfeitamente normal que o efeito varie de pessoa para pessoa.

Para aquelas que afirmaram que sentiram um aumento de peso ao usar o Ciclo 21, o que realmente aconteceu foi o aumento da retenção de líquidos, além da alteração relacionada ao apetite. Lembrando sempre que mesmo tendo depoimentos de mulheres que admitem terem percebido o acúmulo de líquidos e também o aumento de apetite, existem diversas pesquisas que garantem que não há ligação direta entre o Ciclo 21 e o ganho de peso.

Uma alternativa para as mulheres que utilizam o Ciclo 21 e que perceberam essa concentração de líquido no corpo é alterar a sua dieta diária, passando a ingerir alimentos mais saudáveis, além de reduzir o consumo de sal e fazer alguma atividade física.

Como tomar?

Na hora de tomar o Ciclo 21 a paciente precisará tomar um comprimido diariamente, por 21 dias seguidos, sem interrupções, sendo que o tratamento deve começar no quinto dia do ciclo menstrual. Passado esse período, é necessário fazer uma pausa de sete dias, sendo que a menstruação deverá acontecer no prazo de três dias.

Nos ciclos seguintes, o tratamento deve ser reiniciado no oitavo dia após o consumo do último comprimido, sendo que esse processo deve ser repetido continuamente, mesmo que a menstruação esteja em curso, sendo muito importante não esquecer de tomar o comprimido.

ciclo-21

Quanto custa o Ciclo 21?

Como mencionado anteriormente, o Ciclo 21 está entre os contraceptivos mais acessíveis atualmente, o seu preço gira em torno de R$ 7,00, sendo que ele pode ser encontrado gratuitamente em diversos postos de saúde.

É um medicamento forte?

Vale lembrar que ele não é considerado um anticoncepcional forte, podendo ser usado por mulheres de diferentes idades e perfis.

Assim como outros métodos para evitar a gravidez, o Ciclo 21 efeitos apresenta colaterais que poderão atingir algumas usuárias. Os mais comuns são náusea, vômitos, dor abdominal, inchaço abdominal, alterações no fluxo menstrual, sensibilidade nas mamas, aumento das secreções vaginais, alteração no peso, erupção cutânea, candidíase vaginal, intolerância a lentes de contato.

O Ciclo 21 dá espinha? Pode provocar trombose?

E assim como ocorre com outros medicamentos, algumas “verdades” acabam surgindo no imaginário das pessoas, no caso do Ciclo 21 é: Dá espinha? Pode provocar trombose? A resposta é depende, muitos especialistas chegam a afirmar que na verdade o anticoncepcional poderá reduzir a acne em algumas mulheres, isso vai variar de acordo com o organismo de casa pessoa.

E o mesmo vale para a questão da trombose, o que se sabe de mais concreto, e que foi cientificamente comprovado, é que os novos anticoncepcionais acabam dando aos pacientes maior probabilidade de desenvolver trombose, mas essa não é uma exclusividade do Ciclo 21.

Evita gravidez?

Muitas mulheres ainda duvidam da eficiência desse poderoso método contraceptivo, o principal motivo dessa desconfiança foram alguns relatos divulgados pela mídia, por conta de um lote que havia sido comprometido. Mas se você estiver pensando em adotar o Ciclo 21, pode ficar tranquila, pois especialistas já vieram a público afirmar que o Ciclo 21 evita gravidez sim, basta apenas que ele seja tomado corretamente, e sem interrupções desnecessárias.

Cada vez mais os métodos contraceptivos estão acompanhando a evolução de suas usuárias, e isso vale para o Ciclo 21. No entanto, é fundamental seguir todas as especificações do fabricante para que ele realmente funcione, além de consultar o médico especialista antes de ingerir o medicamento, para que se possa evitar uma gravidez indesejada em um momento considerado inapropriado.

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente nos comentários!