Metronidazol: O que é? Para que serve? Contraindicação? Informe-se!

0
Metronidazol: O que é? Para que serve? Contraindicação? Informe-se!

Existem doenças que são difíceis de combater, mesmo administrando remédios de uso comum e que não precisam de receituário médico, a cura total não é tida como resultado. Nesses casos, o uso de antibióticos pode ser a única solução. Uma versão do medicamento disponível no mercado é o metronidazol, que promete eficácia e rapidez na cura de diversos males.

Contudo, ainda existem muitas dúvidas a respeito desse fármaco, como “ele serve para candidíase?” ou “qual formato ingerir?”. Vamos conhecer um pouco mais a respeito desse medicamento? Confira nesse artigo as principais dúvidas sobre ele e suas soluções.

Onde posso comprar o metronidazol?

O metronidazol é um medicamento vendido apenas sobre prescrição médica, portanto, contanto que o paciente possua a receita, o remédio é liberado normalmente.

É possível comprar também pela internet, assim você recebe o fármaco direto em casa, sem ter que enfrentar filas. A EuroClinix, por exemplo, é uma farmácia online por onde você realiza o diagnóstico com um médico capacitado. Assim que o médico libera o uso do medicamento, sua compra é autorizada e você recebe o metronidazol em casa.

Para realizar sua compra na Euroclinix e até mesmo encomendar outros remédios, clique no botão abaixo e vá para a página de vendas da farmácia:

botão EuroClinix

Atenção! Esse medicamento só pode ser adquirido com uma prescrição médica e seu uso requer o acompanhamento de um profissional.

Qual é o preço do medicamento?

O antibiótico é comercializado por diversos laboratórios e em versões genéricas, sendo seu preço praticado conforme as versões e marcas.

O produto é comercializado no formato comprimidos com concentração de 250 mg, 400 mg e 500 mg do princípio ativo. Fizemos uma pesquisa dos valores médios para as diversas opções do produto, confira:

  • Versão 10 comprimidos de 400 mg: R$ 150,00
  • Versão 10 comprimidos de 500 mg: R$ 100,00
  • Versão líquida de 50 ml e concentração de 500 mg: R$ 50,00
  • Versão pomada com 20 g do produto: Valor médio de R$ 60,00

Para que serve o metronidazol?

O metronidazol é um antibiótico de largo espectro, utilizado amplamente para o tratamento de infecções causadas por bactérias. Ele proporciona o rápido alívio dos sintomas causados por doenças infecciosas.

Com o metronidazol, é possível tratar:

  • Giardíase, Infecção intestinal causada por protozoários;
  • Amebíase no intestino, causada por diversos tipos de amebas;
  • Rosácea;
  • Colite pseudomembranosa;
  • Pneumonia por aspiração;
  • Tricomoníase;
  • Todas as outras infecções causadas por bactérias do gênero Fragilis.

Além dessas doenças, é possível tratar problemas causados por protozoários trichomonas vaginalis, uma doença que atinge principalmente as mulheres. Também é útil no tratamento da vaginose bacteriana, provocada por bactérias anaeróbicas como a gardnerella vaginalis.

Para aqueles que são sensíveis a penicilina, o medicamento possui outra vantagem. Ele não apresenta efeitos adversos nos pacientes alérgicos a essa substância, funcionando muito bem como método alternativo de tratamento.

O metronidazol serve para candidíase?

Não. Muitas pessoas se confundem com o uso do metronidazol por achar que ele serve para tratar candidíase, porém, ele só é indicado para tricomoníase vaginal e vaginose bacteriana. Essas complicações são causadas por outros fungos completamente diferentes dos que causam a candidíase, portanto, o metronidazol não seria eficaz para acabar com a candidíase.

Se você está sofrendo com candidíase, o mais adequado é fazer uso de um medicamento específico para candidíase, como é o caso do fluconazol e da nistatina.


➦ Talvez você queira ler também: Como tratar candidíase com nistatina!


Qual comprar: pomada, suspensão ou comprimido?

Existem diversas versões do metronidazol. Você pode encontrar em creme/pomada ou gel, mas também em comprimidos ou para suspensão oral. A escolha da versão deve ser de acordo com o seu objetivo, pois, para o uso vaginal, por exemplo, o creme ou o gel são mais indicados. Assim é possível fazer a aplicação direta na área afetada.

No caso do uso pediátrico, o melhor formato é o de suspensão oral, pois crianças não costumam gostar de engolir comprimidos. O xarope vem com uma quantidade de 40 mg/ml e é muito fácil de dar para as crianças.

Metronidazol caixa

Bula

Esse medicamento é um antibiótico da classe dos antiparasitários e tem como princípio ativo o metronidazol.

Cada comprimido contém a quantidade indicada de metronidazol mais os seguintes excipientes: estearato de magnésio, hipromelose, fosfato de cálcio dibásico diidratado, amido, povidona, sorbitol e macrogol.

A fim de informar melhor nossos leitores, separamos as principais informações do metronidazol nesse artigo.

Qual a posologia do metronidazol?

Dependendo da infecção tratada, a forma de tomar o medicamento é diferente, portanto, o ideal é seguir as recomendações do seu médico. Porém, as indicações mais comuns para as principais infecções são:

  • Tricomoníase: Tomar 4 comprimidos de 500 mg em dose única, um a cada 12 horas;
  • Giardíase: de 250 a 500 mg em suspensão oral de 8 em 8 horas;
  • Gardnerella: é indicado tomar 500 mg a cada 12 horas por 7 dias;
  • Rosácea: ideal fazer 2 aplicações do gel na pele afetada;
  • Diarreia (Clostridium difficile): tomar 500 mg de 8 em 8 horas por no mínimo 10 dias (dependendo da resposta do corpo);
  • Amebíase: ingerir 500 a 750 mg via oral a cada 8 horas, por 7 dias.

Contraindicações

O Metronidazol não é recomendável para grávidas, apesar de seu uso não ser comprovadamente danoso ao feto, deve-se evitar. Também, por deixar resquícios no leite materno, não deve ser administrado por mães que estejam amamentando.  Além disso, o fármaco não pode ser misturado a diversos outros tipos de medicamentos e substâncias, podendo esse tipo de associação gerar diversos tipos de efeitos indesejados como não ação do medicamento e até mesmo alterações físicas e neuromusculares.

São desestimulados a associação com o dissulfiram, medicamentos com lítio, cimetidina, fenitoína, fenobarbital dentre outros. Sempre leia atentamente a bula de qualquer medicamento antes de fazer o uso, isso ajudará a garantir a segurança da sua saúde e eficácia do mesmo.

Fique atento! Em nenhuma hipótese o remédio deve ser administrado conjugado ao uso de bebidas alcoólicas, podendo isso causar efeitos graves ao organismo como tonturas, vômitos, náuseas e sensação de formigamento pelo corpo.

metronidazol efeitos colaterais tontura

O metronidazol possui efeitos colaterais?

O Metronidazol normalmente não causa efeitos colaterais, contudo alguns indivíduos se mostram mais sensíveis ao composto do princípio ativo. Apesar de raros, os efeitos colaterais mais comuns do medicamento passam em poucos dias, isso devido ao fato de seu uso não se estender por vários dias.

Estão dentre os efeitos colaterais mais comuns estão:

  • Prisão de ventre
  • Diarreia
  • Vômitos
  • Náuseas
  • Dores intensas abdominais
  • Gosto estranho na boca
  • Tonturas
  • Perda do apetite
  • Erupções cutâneas
  • Sonolência
  • Dores de cabeça

Antibióticos são medicamentos de uso controlado e devem ser sempre administrados sob a orientação de um profissional habilitado. Nos casos em que os efeitos colaterais estejam agindo de forma muito intensa, o uso deve ser descontinuado e é preciso informar o seu médico imediatamente.

Lembre-se, usar fármacos sem orientação e por conta própria é determinante para não sucesso do tratamento e por vezes até a piora do quadro clínico do paciente. Por isso fique atento e sempre preserve o seu bem estar e saúde.

Gostou das nossas informações? Deixe seu comentário!

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *