Óleo de rícino: Descubra seus benefícios e como pode usá-lo!

1
Óleo de rícino: Descubra seus benefícios e como pode usá-lo!

Extraído das sementes da mamona, o óleo de rícino também é conhecido como óleo rícino, óleo de mamona ou castor oil (que é seu nome em inglês), principalmente em produtos de beleza importados. Ele é composto de ômega 6, ômega 9, sais minerais e vitamina E, além do exclusivo ácido ricinoleico, que oferece diversos benefícios para a beleza e a saúde dos cabelos e da pele, além de ajudar no tratamento de alguns problemas de saúde, devido à sua ação antiinflamatória e antioxidante.

Veja a seguir todos os benefícios deste óleo e como você pode usá-lo para dar um UP na sua saúde e na sua beleza.

Óleo de rícino no cabelo

Como dissemos no início do texto, o óleo de rícino é rico em ômega 6 e ômega 9, que são ácidos graxos que fortalecem os cabelos, dá mais volume e hidrata, deixando os cabelos mais brilhosos e sedosos. Além disso, ele também ajuda a combater a caspa e a oleosidade excessiva do couro cabeludo.

Para usar o óleo no cabelo, misture 1 colher de sopa do óleo no pote do condicionador, aplique, deixe agindo por cerca de 5 minutos e depois enxágüe bem. Essa medida é para cada 200 ml do condicionador.

Para a barba

Apesar de o óleo de rícino ajudar no crescimento da barba e deixar os pelos mais grossos e fortes, fazendo com que a barba fique mais cheia, ele não é muito útil nos casos de barba falhada, porque não estimula o nascimento do fio.

Aplique na pele do rosto massageando com movimentos circulares. Deixe agir por alguns minutos e enxague em seguida.

Óleo de rícino

Para a pele

São vários os benefícios do óleo de rícino para a pele, porque é um poderoso hidratante natural. Veja a seguir:

  • Combate a acne e a oleosidade excessiva da pele;
  • Ideal para peles ressecadas e envelhecidas, ajudando a diminuir rugas e marcas de expressão;
  • Estimula a produção de colágeno e elastina;
  • Pode ser usado como pós-sol para aliviar as queimaduras solares;
  • Ajuda a eliminar estrias recentes (ainda com aspecto avermelhado).

Especialistas indicam que o óleo de rícino não deve ser aplicado puro diretamente na pele, então o recomendado é misturar uma colher de sopa do óleo em 200 ml do seu creme hidratante de preferência.

Para as unhas

O óleo de rícino ajuda a fortalecer unhas quebradiças e hidrata as cutículas, que tem a função de proteger as unhas. Para usar o óleo de rícino nas unhas, aplique ele puro sobre as unhas e deixe agir por uma hora antes de fazê-las.

Óleo de rícino faz crescer o cabelo?

Sim. O óleo de rícino faz crescer o cabelo e é muito usado no tratamento contra a calvície e a alopecia, que é a redução parcial ou total de pelos ou cabelos em uma determinada área de pele, causada por diversos fatores.

O óleo de rícino também ajuda a combater a queda de cabelo e estimula o crescimento capilar, assim como age na barba.

Aplique o óleo de rícino diretamente no couro cabeludo e massageie com movimentos circulares por cerca de 5 minutos, para ativar a circulação sanguínea no couro cabeludo (que é muito importante para o crescimento dos fios) e depois coloque uma touca térmica e deixe agir por pelo menos uma hora antes de enxaguar.

Se achar a consistência do óleo de rícino muito grossa, misture com óleo de coco ou óleo de amêndoa doce, na proporção de 1 para 1.

Óleo de rícino

Pode ser usado como laxante?

Sim, a primeira utilidade descoberta do óleo de rícino foi a sua propriedade laxativa, e você pode usá-lo como laxante para acabar com a constipação.

Não é recomendado o uso freqüente do óleo de rícino como laxante, pois isso pode causar efeitos colaterais como dor abdominal, diarréia, cólica, náuseas e desidratação.

A dose máxima recomendada é entre 15 ml e 60 ml para adultos, e entre 5 ml e 15 ml para crianças.

Outros benefícios do óleo de rícino

Além de todos os benefícios que já citamos aqui, como o óleo de rícino tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, ele também oferece outros benefícios, ajudando no tratamento de alguns problemas como os que vamos citar a seguir:

  • Infecção por fungos
  • Distúrbios menstruais (ajuda a regular)
  • Acne
  • Furúnculos e verrugas
  • Enxaqueca
  • Inflamações em geral

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (416 votes, average: 4,99 out of 5)
Loading...

One Comment

  1. Dorilda Cassaro zanetti. · Edit

    Eu uso o óleo de ricimo com um pouquinho da pomada epohlos e duas horas do óleo de Rose mosqueta.faco uma papinha e passo no rosto e pescoço e braços a noite e fico até no outro dia seguinte. Tem algum problema dormi com estes produtos na pele?

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *