Vacinas para gestantes: Veja quais são permitidas e quais são proibidas!

0
Vacinas para gestantes: Veja quais são permitidas e quais são proibidas!

A gravidez é um período muito sensível para o corpo da mulher e também para o desenvolvimento do feto que logo se tornará uma criança. Por isso, vários cuidados precisam ser tomados e nenhuma mudança de hábitos comuns deve ser tomada sem haver uma liberação por parte do médico obstetra. Uma dessas questões são as vacinas para gestantes.

Neste texto você vai ver quais vacinas são obrigatórias, quais podem ser tomadas e quais devem ser evitadas por todas as gestantes. Claro que existem diferenças entre uma ou outra grávida e quem vai dizer disso é o próprio obstetra da mulher.

Porém, as vacinas para gestantes descritas a seguir seguem uma regra e não uma exceção. Confira!

Vacinas para gestantes: Quais tomar?

vacinas para gestantes

De acordo com a medicina internacional existem três vacinas que são obrigatórias para todas as gestantes.

Claro que ela deve tomar mais do que essas, a depender do tipo de gravidez, dos riscos, das alergias e outras questões que serão analisadas pelo médico.

Mas essas três o mais comum é que todas tomem. Veja a seguir!

Influenza

A influenza é o nome científico dado para a gripe, na verdade, para as gripes. Isso porque existem centenas de vírus diferentes da gripe espalhados por todo o planeta.

A vacina da influenza evita a contaminação por vários desses vírus.

Ela é uma das vacinas para gestantes obrigatórias por conta dos problemas que podem aparecer caso a grávida tenha alguns tipos de gripe durante a gestação. Esses vírus podem se modificar e atuar de forma mais invasiva e grave, como uma pneumonia ou bronquite.

Ainda mais por conta da mudança hormonal, de imunidade e outras características que transformam o corpo da grávida em uma real possibilidade dessas doenças se instalarem.

Normalmente, a vacina é aplicada no início da gravidez, mas pode ser tomada em qualquer mês.

Algumas mães deixam para tomar a vacina após o término da gestação, mas a recomendação é que seja injetada com a mulher ainda grávida.

Tríplice bacteriana

Outra vacina para gestante muito importante é a tríplice bacteriana. Ela atua contra doenças como a difteria, o tétano e a coqueluche. Essa vacina, na verdade, é uma forma de prevenir possíveis contaminações na hora do parto, principalmente no momento de cortar o cordão umbilical.

O cordão umbilical é a parte que liga o corpo da mulher ao feto, é onde a alimentação, por exemplo, é passada da mãe para o filho.

O corte do cordão é uma etapa importante e pode causar infecções, principalmente se os equipamentos utilizados não estiverem devidamente esterilizados.

Por isso, essa vacina é muito importante. Ela evita o aparecimento de doenças graves, como o tétano, por exemplo, e ajuda a mulher a ter uma excelente recuperação após o parto.

As gestantes tomam essa vacina normalmente entre as semanas 27 e 36.

Hepatite B

A hepatite é uma grave doença, contagiosa, que pode ser pega através de compartilhamento de sangue ou de sexo sem camisinha. É um DST que ataca um dos principais órgãos vitais do corpo humano que é o fígado e pode causar até a morte.

A gestante precisa tomar essa vacina e ela é aplicada após o início do segundo trimestre da gestação. São 3 doses no total.

Se a mulher já tiver tomado antes de ficar grávida não é preciso injetar reforço algum durante a gravidez.

DTPA

DTPA é a sigla dada para a vacina tríplice bacteriana que enfrenta as doenças coqueluche, tétano e difteria.

Quando tomar?

Cada uma das três vacinas é aplicada em seu tempo correto. A influenza durante qualquer mês da gestação, a tríplice bacteriana entre as semanas 27 e 36 e a de hepatite B antes da gravidez ou após o início do segundo trimestre da gestação.

vacinas para gestantes

Posso tomar pelo SUS?

Todas essas vacinas podem ser tomadas pelo Sistema Único de Saúde. Basta procurar um posto de saúde perto da sua casa, levar sua carteira de vacinação e fazer a aplicação.

Todas as outras vacinas, incluindo as atuais de febre amarela, por exemplo, podem sim ser tomadas pelas gestantes, desde que o médico libere.

Por isso, antes de ir para uma campanha de vacinação qualquer, converse com o seu obstetra e peça a permissão dele para aplicar as vacinas para gestantes.

Se tiver gostado deste texto sobre vacinas para gestantes, compartilhe-o com suas amigas grávidas e que pensam em engravidar e leia também o post sobre Emagrecer depois da gravidez!

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *