AVC: O que é, sintomas e tratamento

0
AVC: O que é, sintomas e tratamento

Com certeza você já ouviu falar do AVC. Um dano cerebral que pode causar uma série de problemas de saúde após ocorrer. O que poucos entendem é: O que é esse dano? Como acontece? O que causa? Quais os tratamentos para reduzir as consequências desse dano?

Os tópicos a seguir vão responder a todas essas perguntas. Fique atento aos dados, faça uma leitura com cuidado e veja o que é o AVC e como ele atua no corpo do paciente.

O que é?

O AVC é a sigla para Acidente Vascular Cerebral ou, mais popularmente, o derrame cerebral. Esse dano é causado na região do cérebro e ocorre quando há algum interrompimento no fluxo e fornecimento de sangue na área cerebral.

Assim que ocorre é preciso que o paciente vá direto ao hospital para tentar reverter o problema. O sangue é essencial para o funcionamento do cérebro. Portanto, quando ele para de correr por esse órgão, tudo pode parar, inclusive o corpo do paciente por completo.

Existem duas formas desse “acidente” acontecer. Uma delas é o isquêmico que é quando a falta de sangue no cérebro ocorre por uma obstrução arterial, por queda de pressão de perfusão sanguínea, ou quando há uma obstrução na drenagem do sangue venoso no cérebro.

Algumas causas do AVC isquêmico são quando uma pessoa cai de cabeça no chão e tem trombose. Esse tipo de condição isquêmica é a mais comum de todas, ocorre em 80% dos casos em todo o mundo.

A outra forma deste derrame é a hemorrágica. Ela acontece quando algum vaso sanguíneo se rompe dentro do cérebro. É altamente perigosa e tem como causa principal o rompimento de aneurismas.

Sintomas?

Existem diversos graus e formas de derrame cerebral e cada um deles tem o seu próprio sintoma.

No AVC isquêmico, a pessoa tem sintomas como:

  • A perda da força muscular
  • Perda da visão
  • Sensação de dormência nos membros
  • Dificuldade de falar
  • Tontura
  • Formigamento em um dos lados do corpo
  • Falta de memória.

Já o hemorrágico causa outros sintomas. Os principais são:

  • A dor de cabeça
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Problemas de memória
  • Dificuldade de falar e outros relacionados às habilidades cognitivas do paciente.

Quando o derrame ocorre, é necessário identificar rapidamente o problema, pois quanto mais tempo passa, mais pode deixar sequelas. Além disso, o AVC pode ser fatal.

AVC Transitório?

Transitório é o nome dado ao AVC isquêmico. Este é o principal tipo do derrame que existe e gera 80% dos casos de derrame cerebral. Ele ocorre, principalmente, por obstruções sanguíneas, causadas por um choque, um acidente ou por trombose.

Existem alguns fatores de risco para o AVC isquêmico transitório que são o tabagismo, a hipertensão arterial, a obesidade, o alto nível de colesterol, o uso excessivo de bebida alcoólica e histórico familiar de pessoas com diabetes ou problemas cardíacos.

avc o que e sintomas causa tratamento

Qual é o tratamento?

O tratamento do AVC é imediato. Assim que a pessoa tem o derrame, ela precisa ir direto para um hospital para iniciar o tratamento e evitar que esse AVC se transforme em algo mais grave, como um estado vegetativo ou, até mesmo, a morte.

No tratamento emergencial, o médico vai aplicar alguns medicamentos diretamente no cérebro e fazer a retirada de coágulos que podem ter sido formados dentro do crânio. Após isso, ele vai precisar fazer outros procedimentos para evitar que o AVC volte a acontecer.

Esses procedimentos podem ser a retirada de placas que estão impedindo a passagem e o fluxo do sangue, ou a angioplastia que é quando o especialista coloca um tubo e um balão para que a passagem do sangue arterial seja facilitada.

No caso do AVC hemorrágico, é feita a transfusão de sangue e o paciente toma alguns medicamentos para que a hemorragia se desfaça, a pressão interna do crânio diminua e ele consiga ficar bem o suficiente para a realização dos procedimentos cirúrgicos.

Depois de controlada a hemorragia é hora de retirar os coágulos, fazer com que o sangue venoso circule normalmente dentro do cérebro, além de retirar os aneurismas, caso eles sejam os motivos do AVC.

 

O AVC é uma condição perigosa. Se conhece alguém que tem algum dos fatores de risco e precisa tomar cuidado com isso, compartilhe este texto com essa pessoa! Assim ela pode evitar algo pior!

 

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *