Conjuntivite: Saiba tudo sobre causas, sintomas e tratamento!

0
Conjuntivite: Saiba tudo sobre causas, sintomas e tratamento!

A conjuntivite é uma das doenças oculares mais comuns no mundo todo, e consiste na inflamação da conjuntiva, que é a membrana transparente que cobre o globo ocular e a parte interna da pálpebra.

Também chamada de “olho rosa” (porque deixa os olhos avermelhados ou rosas), a conjuntivite pode ser causada por alergias (conjuntivite alérgica), bactérias (conjuntivite bacteriana) ou vírus (conjuntivite viral), como explicaremos a seguir, e tanto os sintomas quanto o tratamento dependem da causa da doença que pode acometer crianças, jovens, adultos e idosos.

Veja tudo que você precisa saber sobre a conjuntivite no artigo a seguir.

Conjuntivite alérgica e conjuntivite bacteriana

A conjuntivite alérgica acontece quando alguma substância como poeira, pólen, mofo, produtos de maquiagem (entre outros) causam uma irritação nos olhos, e não há risco de transmissão para outras pessoas nesse tipo de conjuntivite.

A conjuntivite bacteriana costuma atingir os dois olhos e costuma demorar de 5 a 7 dias para desaparecer, com o tratamento adequado.

Conjuntivite viral

Além da conjuntivite alérgica e a conjuntivite bacteriana, existe a conjuntivite viral, cuja diferença é a formação de muco, além da secreção esbranquiçada (em pouca quantidade), vermelhidão e do incômodo que acontece nos dois outros tipos.

A conjuntivite viral é mais comum no verão e é muito contagiosa, e como ainda não existe tratamento específico, pode demorar de 15 a 20 dias para desaparecer.

É comum que a conjuntivite viral apareça primeiro em um dos olhos e depois passe para o outro.

conjuntivite tratamento

Quais são os sintomas?

Apesar de a vermelhidão nos olhos ser um sintoma comum aos três tipos de conjuntivite, outros sintomas variam de acordo com o tipo de conjuntivite, o que ajuda também no diagnóstico. Veja abaixo:

  • Conjuntivite alérgica: os sintomas são a coceira nos olhos, espirros e coriza nasal nos dois olhos ao mesmo tempo. Também é comum ela vir acompanhada de outros sintomas de alergia, como nariz entupido ou escorrendo.
  • Conjuntivite bacteriana: os principais sintomas são a secreção dos olhos amarelada e em grande quantidade, afetando os dois olhos, e deixa os olhos mais colados durante a noite.
  • Conjuntivite viral: nesse caso, a secreção é esbranquiçada e em pouca quantidade, e há formação de muco.

Também são sintomas comuns nos três tipos de conjuntivite o olho lacrimejante, prurido (sensação de grãos de areia nos olhos), o Inchaço nas pálpebras, Intolerância à luz, Visão embaçada e/ou Visão borrada.

Conjuntivite pega?

Sim, como falamos, alguns tipos de conjuntivite (como a bacteriana e a viral) são contagiosas e podem ser transmitidas para outras pessoas e você pode pegar conjuntivite de pessoas infectadas, se não tomar os devidos cuidados, como vamos falar a seguir.

Como evitar a transmissão da conjuntivite?

Para evitar pegar conjuntivite de pessoas do seu contato, principalmente antes de saber se o tipo dela é contagioso ou não, é muito importante evitar compartilhar toalhas, roupas de cama e lavar as mãos sempre.

Se você é a pessoa doente, vale a pena usar lenços descartáveis, não colocar as mãos nos olhos para evitar a recontaminação, não coçar, para diminuir a irritação e evitar tocar em objetos e pessoas após mexer nos olhos para não transmitir o problema pra ninguém.

Qual o tratamento?

Muitas vezes a conjuntivite desaparece sozinha depois de algum tempo (dependendo do tipo, pode variar de 5 a 20 dias), mas existem algumas providências que você pode tomar para diminuir o incômodo que essa doença causa e acelerar o processo de cura, como falaremos a seguir.

O tratamento vai depender do tipo de conjuntivite: A conjuntivite alérgica é tratada com colírios anti-histamínicos ou esteroides. A conjuntivite bacteriana geralmente demanda o uso de colírios e antibióticos, que podem ser na forma de colírio e de pomada. A conjuntivite viral ainda não tem um tratamento específico, e é recomendado limpar com soro fisiológico gelado, fazer compressas e usar colírios lubrificantes se o médico oftalmologista achar necessário.

É importante dizer que não recomendamos a automedicação e que esse artigo é apenas explicativo, e que indicamos não usar medicamentos (pomadas, colírios) sem prescrição médica ou que tenham sido indicados para outra pessoa.

Devo ir ao médico?

Sim. Como falamos, existem tipos diferentes de conjuntivite, e o seu tipo precisa ser diagnosticado corretamente por um oftalmologista qualificado para que o tratamento correto seja indicado.

Se o tratamento com antibióticos para a conjuntivite bacteriana não estiver fazendo efeito após 24 horas, é recomendado voltar ao médico.

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *