Distimia: O Que é? Veja aqui todas as informações sobre esse problema!

0
Distimia: O Que é? Veja aqui todas as informações sobre esse problema!

Você já ouviu falar em distimia? Sabe o significado desse termo? Será que é uma doença? Um distúrbio? Ou outro tipo de problema de saúde? Tem cura? Como tratá-la? Todas essas perguntas vão ganhar respostas a partir de agora.

Nos tópicos a seguir você vai descobrir o que é a distimia, os seus sintomas, causas, tratamentos e demais informações a respeito desse problema psicológico. Confira!

Significado de Distimia

Distimia é o nome dado a um tipo de depressão. Essa depressão é mais branda, mais leve do que as outras tradicionais, a diferença é que a duração dos sintomas é bem mais duradoura. A pessoa com distimia fica depressiva por longos períodos de tempo, dois a três anos, por exemplo.

A distimia não é caracterizada apenas pela tristeza ininterrupta por esse período, mas junto dela também aparecem outros sintomas de depressão que também perduram por todo esse tempo. Além de triste, a pessoa fica com baixa autoestima, desanimada, muito cansada, com sono excessivo, sem apetite e outras consequências do problema psicológico.

Sintomas

O principal sintoma da distimia é a tristeza durante um período longo e sem interrupções. Ou seja, a pessoa fica depressiva por dois, três, quatro, cinco anos, todos os dias, 24 horas por dia. É uma depressão que, apesar de branda por não ser uma tristeza tão intensa, é angustiante, pois ela não acaba nunca. A pessoa fica mal o dia inteiro, a noite inteira, meses e anos inteiros.

Apenas a tristeza duradoura não pode ser definida como distimia. Junto dela é preciso que a pessoa tenha, pelo menos, mais dois sintomas comuns da depressão, só que também duradouros. É o caso da falta de interesse em fazer atividades diversas, falta de energia, autocrítica muito frequente, raiva excessiva, isolamento social, sentimentos de culpa, muita preocupação, entre outros.

A distimia é uma doença crônica, perigosa, exatamente pelo fato dela ser contínua e angustiante. A pessoa com esse problema psicológico precisa de atenção e cuidados médicos e também de familiares. É bom sempre estar por perto para evitar situações mais graves, como a tentativa de suicídio.

Mulher com Distimia

Teste de Distimia

Muito se fala de testes psicológicos para poder descobrir doenças, transtornos, distúrbios e demais problemas de saúde mental, porém nem sempre os testes são a solução para desvendar tudo que envolve essa área de conhecimento.

Normalmente, os testes são feitos em conjunto com outras técnicas e estratégias e essa mistura é que faz o psiquiatra ou psicólogo diagnosticar o paciente com determinado problema ou transtorno.

Não acredite em testes disponíveis na internet e não use esses testes como forma de diagnóstico de nada. Apenas um profissional especializado é que pode te dizer com certeza se você tem ou não algum problema de saúde psicológico.

Qual remédio tomar?

Quem vai definir qual remédio você precisa tomar em caso de uma distimia é o psiquiatra. Como é uma doença crônica, o normal é que ele realmente passe algum antidepressivo que vai melhorar a condição de vida desse paciente. Porém, pode ser que ele veja e decida que não seja o caso da pessoa tomar remédio.

Mas o mais comum mesmo é indicar o uso de algum antidepressivo. Qual vai ser, a quantidade de miligramas e outras questões quem vai decidir é somente o médico. 

Tem cura?

Todo e qualquer problema psicológico tem tratamento e a pessoa consegue ter a sua vida normal de volta. Falar de cura é difícil nesses casos, porque recaídas podem acontecer e novas situações podem fazer com que o paciente volte ao estado de distimia ou de depressão.

Mas, se fizer o tratamento direito, tomar os remédios, ir à terapia ou análise e seguir as recomendações médicas, pode ter certeza que as chances do paciente ficar bom e ter uma vida normal são excelentes.

A distimia é uma doença crônica e que pode causar até mesmo a morte. Por isso, não aja com irresponsabilidade ao perceber que algum familiar ou amigo seu tem o problema. Leve essa pessoa até o psiquiatra e ao psicólogo para que os exames sejam feitos e o diagnóstico definido. Se tiver ainda restado alguma dúvida sobre a distimia, deixe o seu comentário aqui embaixo!

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *