Diverticulite: Quais são os sintomas? E causas? Tem cura? Como tratar?

0
Diverticulite: Quais são os sintomas? E causas? Tem cura? Como tratar?

A diverticulite é uma doença que atinge homens e mulheres a partir dos 40 anos de idade, e que geralmente tem uma má alimentação e não se exercitam. Essa doença causa muitos transtornos e pode ser confundida com outras. Caso não seja tratada de maneira correta, pode levar a morte!

O que é a diverticulite?

Diverticulite é uma inflamação definida basicamente por bolsas existentes no intestino grosso. Mas de 90% dessas bolsas denominadas divertículos, são encontradas no cólon que fica no intestino grosso, mas ela pode ser gerada em outros órgãos como estômago, esôfago, e intestino delgado.

Trata de uma doença muito comum em pessoas sedentárias, obesas, que fumam e com mais de 50 anos. Essa doença na maioria dos casos não apresenta sintomas, ou seja, são assintomáticas.

 

Quais são as causas?

As causas ainda não são exatamente conhecidas, no entanto, existem alguns motivos que elevam o risco de uma pessoa apresentar divertículos no intestino grosso e, assim sendo, de ficarem inflamados e provocarem a diverticulose. Alguns motivos são:

  • Ser maior de 40 anos;
  • Adotar uma dieta com poucas fibras e rica em gordura;
  • Falta de exercícios físicos.

No entanto, as ocorrências geralmente acontecem devido a má alimentação. Pessoas que consomem muita gordura e pouca fibra estão mais propensas a desenvolverem a doença. Esse tipo de alimentação gera prisão de ventre, e essas fezes endurecidas exigem muito esforço serem evacuadas. Essa condição pressiona o cólon e o intestino causando a geração dessas bolsas.

Sintomas

Indivíduos com divertículos sem que a diverticulite esteja inflamada, normalmente não desenvolvem sintomas. No entanto, elas podem notar a região inferior do abdômen inchada e sentir algumas cólicas. Muito raro, é percebido sangue no excremento.

No caso da diverticulite, os sintomas costumam ser mais sérios e em geral ocorrem de repente, mas pode se tornar pior em poucos dias. Os sintomas são:

  • Flatulência;
  • Febre;
  • Enjoo;
  • Vômito;
  • Inchaço;
  • Diarreia ou constipação;
  • Região esquerda do abdômen sensível;
  • Falta de apetite;

De modo eventual a diverticulite pode ocorrer na parte direita do intestino, muitas vezes confundida com apendicite.

Diverticulite aguda

Pessoas que apresentam dor na região do abdômen e febre devem procurar com urgência a unidade de emergência para que sejam realizados exames que identificarão se é um caso de diverticulite aguda. Serão solicitados exames laboratoriais, e exames de imagens, que em muitos casos é uma tomografia. Sendo confirmado o quadro agudo da doença, o médico irá avaliar o melhor tratamento para cada caso.

O que comer?

Para evitar e tratar a diverticulite é importante comer alimentos ricos em fibras e beber bastante água. No entanto, no decorrer de uma crise alimentos com fibras são proibidos, uma vez que elas estimulam a produção de gases, agravando os sintomas.

Dessa forma, na crise é importante comer alimentos no estado líquido como sopas, sucos e água de coco. Esses alimentos irão produzir pouquíssimas fezes, evitando a irritação na região doente do intestino.

Ao passo que os sinais de melhoras vão surgindo, então a alimentação passa a ser pastosa. Quando a crise passar e ficar evidente a melhora da situação, então fica permitido se alimentar normalmente.

sintoma de diverticulite

A diverticulite tem cura?

De modo geral, ela tem cura sim. O tratamento de uma diverticulite leve pode ser realizado na própria residência, notando-se a melhora em até 3 dias. Normalmente, quase 90% desses quadros são curados.

Como tratar?

O tratamento para diverticulite começa primeiramente pela mudança na alimentação sendo indicado apenas refeições líquidas e leves. Quando a doença apresenta um quadro leve, o tratamento é feito com medicamentos antibióticos e analgésicos.

Já nos casos da diverticulite em quadros mais sérios, o tratamento é realizado com cirurgia para remover a região do intestino afetado pelos divertículos ou por meio de uma drenagem do pus que pode ser realizada por uma punção transcutânea.

Em alguns casos, o tratamento é feito através da hospitalização para que sejam administrados antibióticos nas veias, sob acompanhamento médico.

A diverticulite pode matar?

A diverticulite é uma enfermidade que se inicia de forma silenciosa, apresentando sintomas que vão progredindo e que se não tratar de modo correto e o quanto antes, pode matar sim. Nas situações mais graves, pode acontecer uma obstrução no intestino ou um rompimento do divertículo, ocasionando na hemorragia intestinal, que é um grave problema.

No Brasil, a morte mais conhecida por diverticulite foi a do então presidente Tancredo Neves, que morreu antes de tomar posse em 1985.


QUER SABER TUDO SOBRE A COLONOSCOPIA? CLIQUE AQUI!


 

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *