Escarlatina: O que é? Possui tratamento caseiro? Quais as causas? E agente etiológico?

0
Escarlatina: O que é? Possui tratamento caseiro? Quais as causas? E agente etiológico?

A escarlatina é uma doença que atinge crianças, adolescentes e adultos. Atualmente, é uma doença que tem cura por ser facilmente tratada. No entanto, se o tratamento não for realizado de modo correto, podem surgir complicações como o desenvolvimento de infecções em alguns órgãos importantes, causando sequelas duradouras.

Por este motivo, quem manifesta um quadro de escarlatina nunca deve se automedicar, mas sim, procurar a ajuda médica o mais rápido possível. O tratamento dessa doença que é contagiosa é realizado com antibiótico.

Não compartilhar objetos pessoais e lavar as mãos com frequência, pode ajudar na prevenção contra a escarlatina.

O que é a escarlatina?

Escarlatina é uma doença infectocontagiosa muito frequente em crianças e adolescente, à partir dos cinco anos de idade até os quinze anos. A escarlatina é produzida pela bactéria Estreptococo beta hemolítico do grupo A, a mesma que provoca amidalite, faringite, pneumonia e inflamações na pele.

Essa doença libera algumas toxinas que causam minúsculos pontos vermelhos na pele. Embora sejam mais frequentes em crianças e adolescente, adultos também podem ser infectados.

Como é feito o tratamento?

Para tratar a escarlatina é usado antibiótico para acabar com a bactéria e suspender a fabricação de toxinas que causam os reflexos na pele, sarando da mesma forma os sintomas. O tratamento é fundamental para diminuir o perigo de propagação da bactéria, além de diminuir as chances do doente apresentar complicações.

O tratamento tem uma duração de sete a dez dias, no entanto, depois da segunda dose se espera que os sintomas diminuam ou sumam.

bebê

Qual o agente etiológico da escarlatina?

O agente etiológico da escarlatina é o Streptococcus pyogenes, que é um tipo de bactéria Gram-positiva que pertence a classe Streptococcus beta hemolítico do grupo A. Além da escarlatina, elas provocam muitas enfermidades como faringite, fasciite necrotizante, erisipela, pioderma gangrenoso, celulite, psoríase rara e síndrome de choque tóxico. É extremamente resistente ao Sulfametoxazol+trimetoprima, sendo combatidas por penicilinas.

Escarlatina em bebê

Bebês com escarlatina não pode ir para a creche ou escola, para não transmitir a doença para outras crianças. O indicado é que fiquem em casa repousando, afastado de outras crianças. Assim que a doença manifestar sintomas, é preciso que o bebê seja encaminhado para um pronto socorro médico, para receber o tratamento correto.

A doença pode voltar?

Sim, a escarlatina pode voltar! Ela é uma doença transmitida por meio de gotículas de saliva, expelida de um espirro ou tosse de alguém contaminado. Dessa forma, a doença pode ser recorrente e seu contágio pode ser através de apertos de mão, beijos, respiração, roupas e objetos infectados.

A estação em que as crianças estão mais propensas a contraírem essa doença é no verão e na primavera.

escarlatina criança

Quais são os sintomas da escarlatina?

O sinal mais específico da escarlatina é o surgimento de manchas ou pontinhos avermelhados na pele que surgem na região do pescoço e em todo tronco, e com a evolução do problema começa a manifestar-se no rosto e em todo corpo. Os principais sintomas são:

  • Febre elevada logo nos primeiros dias, que vai diminuindo lentamente nos dias seguintes até sumirem;
  • Dor de garganta;
  • Coceira por todo corpo;
  • Enjoo e vômito;
  • Mal-estar;
  • Falta de apetite;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de barriga;
  • Língua com aparência de framboesa.

Geralmente os sintomas dessa doença somem com 24 horas depois de começar o tratamento. Já no caso das manchas, elas desaparecem com uma semana depois de se iniciar o tratamento.

Qual o melhor tratamento caseiro?

Ela também pode ser tratada em casa. Para aliviar as coceiras é usado após o banho uma loção com efeito calmante, e caso o paciente seja criança, é indicado um banho de maisena.

Quando o enfermo está passando pelo período de descamação na pele, o recomendado é usar por todo o corpo óleo mineral ou vaselina, dando uma massagem de forma delicada na área afetada. Nesse caso, fica proibido o banho de sol.

Banho morno com sabonete hidratante ou utilizar bicarbonato de sódio no banho, também ajuda atenuar a coceira pelo corpo.

Amoxicilina trata a escarlatina?

O tratamento para combater a escarlatina é feito com o uso de antibióticos, entre eles o Amoxicilina em um período de dez dias. O amoxicilina é um tipo de penicilina e deve ser administrado 3 doses de 50 mg diariamente.

Para quem é alérgico ao antibiótico Amoxicilina, o recomendado é o Biaxin e deve ser administrado de doze em doze horas, em dose de 250 mg por um período de dez dias.


SABE TUDO SOBRE A AMOXICILINA? SAIBA OS PODEROSOS EFEITOS!

 


 

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *