Ibuprofeno: Para que serve? Qual a Posologia? Dá sono?

7
Ibuprofeno: Para que serve? Qual a Posologia? Dá sono?

O Ibuprofeno é um anti-inflamatório muito usado contra a febre ou dores diversas, como dor de cabeça, dor nas costas e cólicas menstruais, e também tem ação anti-térmica (contra a febre).

Nesse artigo nós vamos falar sobre as características desse medicamento de uma forma mais simples para quem está fazendo uso de Ibuprofeno com indicação médica, e não substitui a bula e as orientações médicas. Esse artigo também não é um incentivo a automedicação.

Para que serve o Ibuprofeno?

O Ibuprofeno tem ação analgésica e atua contra dores leves e moderadas. Por ser um anti-inflamatório do tipo não esteróide, a ação de Ibuprofeno se deve à inibição da síntese de prostaglandinas, substâncias envolvidas nos processos inflamatórios do corpo, e a sua eficácia está em cerca de 60%.

A indicação do Ibuprofeno é para o tratamento de dores, febre e inflamações, e pode ser usado para:

  • Amigdalite
  • Artrite
  • Artrite gotosa (Gota)
  • Artrite reumatóide
  • Cálculo renal
  • Cólica menstrual (Dismenorreia)
  • Dor de cabeça (Cefaléia)
  • Dor de dente
  • Dor muscular
  • Dor pós-cirúrgica
  • Enxaqueca
  • Febre
  • Inflamações odontológicas
  • Lombalgia
  • Osteoartrose
  • Tendinite

Posologia

Existe a versão oral, em comprimidos de 200 mg, 400 mg e 600 mg e gotas para tratamento pediátrico, e a versão intravenosa. A versão de 600 mg é mais indicado para situações graves, no alivio da dor e inflamação em casos de artrite reumatoide, reumatismo articular, osteoartrite, alívio de dores após cirurgias e para reduzir a febre alta.

Para crianças a partir dos 6 meses, geralmente, a dose recomendada varia de 1 a 2 gotas por cada 1 kg de peso da criança, administradas 3 a 4 vezes por dia, em intervalos de 6 a 8 horas. Para crianças com mais de 30 Kg, a dose máxima recomendada é de 200 mg, o que é equivalente a 40 gotas de Ibuprofeno 50 mg/ml ou 20 gotas de Ibuprofeno 100 mg/ml.

Para os adultos, geralmente, a dose recomendada varia de 200 mg a 800 mg por dose, o que equivale a 20 a 80 gotas de Ibuprofeno 100 mg/ml, administradas 3 a 4 vezes por dia. Não devem exceder a dose máxima recomendada de 3.200 mg por dia.

Após administração oral, o Ibuprofeno começa a agir em cerca de 15 a 30 minutos reduzindo a febre e aliviando a dor e sua ação permanece durante 4 a 6 horas. Os comprimidos devem ser ingeridos inteiros, sem mastigar, de preferência acompanhado de água ou outra bebida não alcoólica.

Lembramos que a posologia e a dosagem devem respeitar a indicação do seu médico, de acordo com o seu quadro clínico.

IbuprofenoNomes comerciais mais comuns

O Ibuprofeno foi descoberto em 1961 por Stewart Adams e inicialmente era comercializado com o nome de Brufen. Consta na lista de medicamentos essenciais da OMS (Organização Mundial da Saúde), que fala dos medicamentos mais importantes num sistema básico de saúde, e é vendido em farmácias e drogarias como um medicamento genérico.

Os nomes comerciais mais comuns do Ibuprofeno são:

  • Advil
  • Alivium
  • Artril
  • Brufen
  • Doraplax
  • Ibupril
  • Lombalgina
  • Maxifen
  • Motrin
  • Nurofen
  • Spidufen
  • Vantil

Além desses medicamentos, o Ibuprofeno também é produzido e comercializado em compostos com paracetamol.

Onde comprar?

Você gostaria de adquirir um dos medicamentos citados a cima? Saiba que eles podem ser adqueridos online. Duas opções de site onde eles podem ser encontrados online é a Onofre e a Araújo. Para verificar as opções e preços, basta clicar em um dos botões abaixo que você será transferido para o site de compra.

Botão - Onofre

Botão - Araujo

Ibuprofeno dá sono?

Sonolência é um dos efeitos colaterais mais comuns do Ibuprofeno, sendo mais comum na apresentação de 600 mg.

Efeitos colaterais e contraindicações

Os efeitos colaterais mais comuns são azia, erupção cutânea, gastrite, náuseas, sonolência e tonturas, além da diminuição do volume urinário.

O uso do Ibuprofeno também pode aumentar os riscos de insuficiência cardíaca, insuficiência hepática e insuficiência renal, e em casos de uso crônico, existe risco de complicações cardiovasculares.

Todos os anti-inflamatórios não esteroides (como o Ibuprofeno) podem provocar efeitos adversos gastrintestinais, sendo contra-indicados em pessoas com úlcera péptica ativa.

O Ibuprofeno também é contra-indicado para pacientes com doenças hepáticas (como cirrose), gastrite, hipertensão, insuficiência cardíaca ou com risco de infarto ou doenças cardiovasculares, insuficiência renal, Trombocitopenia (nível sanguíneo de plaquetas muito baixo), úlcera péptica e mulheres grávidas (pois aumenta o risco de hipertensão e diminui as contrações uterinas) ou no período de lactação (que estejam amamentando).

Quem já está fazendo uso de outro anti-inflamatório também não deve tomar o Ibuprofeno simultaneamente, devido aos efeitos colaterais causadas por superdosagem.

 

Recomendamos para você:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (27 votes, average: 4,78 out of 5)
Loading...

7 Comments

    • ANA PAULA CARVALHO DIAS · Edit

      Pois é, eu estou tomando nimesulida, mas ela me dá problemas de asma, dor de cabeça e náuseas. E mesmo sendo mto indicada para inflamação nas gengivas, não fez grande efeito. Na bula da nimesulida, fala que pode intercalar com ibuprofeno. Mas tenho receio…

      Reply
  1. estou com epistaxe e de repente me da dor de dente, suspeito da dor, procurei dentista, o ANIMAL mesmo sabendo da hemorragia, me receitou ibuprofeno, mas eu não sabia que o ibuprofeno aumenta sangramentos.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *