Isquemia: O que é? Quais os sintomas? Quando ocorre? Quais os riscos?

0
Isquemia: O que é? Quais os sintomas? Quando ocorre? Quais os riscos?

A Isquemia é a redução do volume sanguíneo em uma região do organismo. Essa condição causa uma lesão, isso porque diminui a entrega de oxigênio e nutrientes importantes que chegam por meio do sangue. Neste caso, pode ocorrer um infarto por causa da ausência de irrigação.

Frequentemente a Isquemia acontece por causa de um bloqueio em uma artéria, que pode ser causado por coágulos de sangue ou contrações. Além disso, pode atingir vários órgãos, principalmente o cérebro, coração e intestino.

No entanto, é um problema que se for tratado a tempo, é reversível. Por isso, é muito importante realizar exames médicos com regularidades.

O que é a Isquemia?

Consiste na falha ou ausência de abastecimento de sangue para algum órgão ou tecido por causa de um bloqueio provocado por um trombo produzido pelo acúmulo de gordura ou por coágulo de sangue.

A Isquemia é consequência da ausência de oxigênio nas células. A região que não recebe uma boa oxigenação fica roxo, e se o socorro não for rápido, pode levar a óbito.

E a cerebral?

A Isquemia cerebral também é conhecida como AVC isquêmico, e ocorre quando existe uma redução ou falta de corrente sanguínea para a região do cérebro, reduzindo o volume de oxigênio que atinge o órgão.

A cerebral pode ocorrer em qualquer pessoa, porém, o risco é maior para pessoas que têm doenças como aterosclerose e diabetes.

sangue Isquemia

Quando ocorre a Isquemia Intestinal?

Ocorre quando o fluxo de sangue é interrompido por um bloqueio em uma das artérias que transportam sangue para a região do intestino. Esse bloqueio geralmente é um coágulo, impossibilitando que o sangue com oxigênio passe.

Essa situação provoca muita dor, dificultando as funções do intestino. Em situações mais sérias, a perda de sangue para essa região pode levar a óbito.

A mesentérica é aguda ou crônica?

A Isquemia mesentérica é provocada pela redução do volume de sangue intestinal por causa de um coágulo, impossibilitando sua saída para o fígado. Assim, pode ser considerada aguda ou crônica e esse tipo pode ser provocado por problemas venosos ou arteriais.

Isquemia cardíaca causa infarto?

A cardíaca é também conhecida como Isquemia do miocárdio, é definida pela redução do volume de sangue nas artérias coronárias, impedindo que o coração receba oxigênio na quantidade adequada.

Essa situação prejudica os músculos do coração, diminuindo sua potência de bombear ativamente. Um impedimento repentino e sério de uma artéria coronária pode causar um infarto. Existem três espécies de Isquemia cardíaca: silenciosa, angina estável e angina instável.

Quais os riscos da arterial?

Isquemia arterial é o impedimento do volume sanguíneo na artéria, interrompendo a nutrição dos tecidos. De modo geral, essa obstrução pode ser provocada por trombose, embolia ou traumatismo.

Além disso, gera uma dor muito forte, que vem junto com outros sintomas como dormência, estagnação, temperatura baixa na região, falta de pulso e palidez.

medir pressão

Isquemia Transitória

A transitória muito conhecida também como ataque isquêmico transitório é uma condição neurológica que ocorre de forma repentina e inesperadamente, causando alguns sintomas no paciente. Uma pessoa que tem uma Isquemia transitória fica com algumas sequelas neurológicas.

Além disso, é muito comum logo após a Isquemia transitória, ocorrer um AVC. O motivo mais frequente é devido a coágulos sanguíneos que interrompem o fluxo sanguíneo para a região do cérebro.

Quais são sintomas?

Cada tipo tem seus próprios sintomas. Mas no geral, os sintomas são:

  • Contrações musculares;
  • Hemorragias;
  • Hipotensão intensa
  • Bloqueio vascular;
  • Pressão vascular;
  • Redução de luz vascular.

Quase sempre, a cardíaca causa infarto, a cerebral e transitória causa AVC, a intestinal ou mesentérica causa uma séria inflamação, e na Isquemia arterial causa gangrenas e amputações.

Quando ocorre o AVC isquêmico?

O AVC isquêmico ocorre quando uma veia é bloqueada, impedindo que o sangue chegue numa região precisa do cérebro. Muito conhecido como derrame, o Acidente Vascular Cerebral Isquêmico pode deixar sequelas e em casos mais graves, levar à morte.

São alguns sintomas de AVC isquêmico a ausência de força, face paralisada, membros ou um lado inteiro do corpo paralisado, problemas de visão, problemas na fala, cefaleia intensa, tontura e coordenação comprometida.

A Isquemia tem cura?

Sim, pode ter cura. O tratamento muda de acordo com a espécie de Isquemia, mas no geral, o médico prescreve remédios, dentre eles anticoagulantes, hipertensivos e trombolíticos. Para prevenir e eliminar a Isquemia é preciso ter uma boa alimentação e praticar exercícios físicos, além de fazer exames médicos com constâncias para conferir as taxas.

Recomendamos para você:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *