Leishmaniose: Conheça os tipos, as causas, os sintomas e as formas de tratamento!

0
Leishmaniose: Conheça os tipos, as causas, os sintomas e as formas de tratamento!

A leishmaniose é uma doença perigosa e que precisa de muita atenção por parte do infectado e também do médico para que o tratamento seja feito da forma correta e não deixe sequelas incuráveis.

Nos tópicos a seguir você vai conhecer tudo a respeito da leishmaniose. O que ela é, como é contraída, os sintomas, as formas de tratamento e outras informações relevantes sobre essa perigosa doença. Confira!

O que é leishmaniose?

Consiste em uma infecção causada por um parasita que entra em contato com o corpo humano a partir da picada de alguns mosquitos específicos. Esse parasita se multiplica dentro do organismo e destrói as células de defesa, conhecidas como macrófagos.

Uma característica importante da é que ela é uma doença lenta, que tem uma evolução longa, mas que se descoberta tardiamente pode causar sequelas e danos irreparáveis ao paciente. Por isso, fazer exames de rotina que detectam essas mudanças no sangue são essenciais para evitar surpresas desagradáveis.

leishmaniose dog

Visceral

Existem dois tipos de leishmaniose. Uma delas é a visceral que também pode ser chamada de calazar. Esse tipo de parasita é um dos mais perigosos para a vida humana, pois ele ataca órgãos vitais, como o fígado, o baço e a medula óssea. Normalmente, ela ocorre mais em crianças de até 10 anos, em adultos é mais difícil de se desenvolver.

Os principais sintomas desse tipo é o aumento do baço, do fígado, do abdômen, a febre baixa e constante e também o emagrecimento do paciente. Caso a pessoa tenha qualquer um desses sintomas, precisa ir imediatamente ao médico, fazer os exames e iniciar o tratamento o mais rápido possível.

A leishmaniose canina tem cura?

A leishmaniose também pode atacar cães e ser fatal a eles. Antigamente, cachorros com a doença eram sacrificados, por conta do perigo do mosquito picá-los e depois picar também os humanos que vivem próximos a esse cachorro. Porém, atualmente, existe tratamento para a canina, embora seja bem cara.

Há também uma vacina para a a doença, mas ela não garante 100% de eficácia, ou seja, seu cão pode tomar a vacina e, mesmo assim, ser infectado pela doença.

A leishmaniose em cães é muito perigosa, atinge os órgãos de forma mais rápida do que nos humanos e causa a morte do bichinho em pouco tempo, caso não tratada.

Tegumentar ataca somente os humanos?

A outra forma de leishmaniose que ataca os seres humanos, é a chamada tegumentar ou cutânea. Essa é a mais comum e também, é a que atinge os cães. O principal sintoma desse tipo são as feridas na pele da pessoa ou do animal.

Essas feridas também ocorre nas mucosas, como boca, gengiva, genitais e outras partes do corpo do paciente.

O grande problema desse tipo é que ela pode causar deformações no corpo da pessoa, como arrancar parte do nariz, do pé, da mão, enfim, por isso deve ser tratada antes que se espalhe por outras partes do corpo e se torne necessário a amputação de algum membro.

leishmaniose vacina

Afinal, leishmaniose tem cura?

 Sim, tem cura, se o tratamento for feito corretamente. Existem alguns casos mais complicados, como de pessoas infectadas pelo vírus HIV. Nessa situação em específico a cura é mais complicada.

Cutânea

A cutânea é a mesma que a leishmaniose tegumentar, que é a que ataca a pele com feridas que podem até chegar à destruição parcial ou total de algum membro ou órgão.

Quais os sintomas da leishmaniose?

Os sintomas da visceral são o crescimento do abdômen, principalmente na região onde fica o fígado e o baço, além de febre baixa e constante, palidez, anemia, indisposição e o emagrecimento.

Já a cutânea, tem como principal sintoma o aparecimento das feridas na pele, vermelhidão, lesões no nariz, na boca, nas mucosas em geral.

Qual o agente causador?

O parasita que causa a leishmaniose são os do gênero Leishmania. São vários diferentes, como o amazonensis, o guynensis, o braziliensis e o chagasi que são os mais comuns no Brasil.

O que é leishmaniose amastigota?

Amastigota é o nome dado para esses parasitas protozoários da leishmaniose. Eles se concentram nas células de defesa do corpo humano e as atacam.

Se tiver ainda restado alguma dúvida a respeito da leishmaniose, deixe o seu comentário aqui embaixo!

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *