Psoríase: O que é? Essa doença tem cura? Como deve ser o tratamento?

0
Psoríase: O que é? Essa doença tem cura? Como deve ser o tratamento?
Assim como você o Alberto também sofreu com a psoríase durante quase a sua vida toda. Mas ele encontrou uma solução caseira e barata para o problema, e que revolucionou a sua vida e devolveu a sua autoestima. Quer saber mais? Então basta clicar aqui!

A psoríase é um problema que ocorre no sistema imunológico de algumas pessoas e que, além dos transtornos já gerados pela própria doença, ainda é alvo de muito preconceito por parte de pessoas que não entendem como funciona essa enfermidade.

É comum ver que pacientes com psoríase são tratados de forma marginalizada, porque algumas pessoas têm medo de que a doença passe para elas por conta do toque ou de outras mentiras espalhadas por aí.

Neste texto, você vai descobrir toda a verdade a respeito da psoríase. É hora de deixar o preconceito de lado ao adquirir o conhecimento necessário. Veja nos próximos tópicos!

O que é a psoríase?

A psoríase é uma doença de causa desconhecida na qual as células da pele formam espécies de escamas e manchas secas que se espalham por todo o corpo do paciente. Ela é rara, ocorre entre 1% e 3% de toda a população mundial e, normalmente, em pessoas com menos de 30 anos ou com mais de 50 anos.

Ela é uma doença crônica, que pode atacar todo o tecido da pele humana ou apenas algumas partes específicas. Por conta do aspecto escamoso, avermelhado, em alguns casos, branco, muitas pessoas têm preconceito dos pacientes que possuem essa doença. Chamam de leprosos, acham que a psoríase é contagiosa, não olham, nem chegam perto de pessoas com a enfermidade.

Além dos transtornos causados na pele da pessoa, ela ainda é obrigada a conviver com esse preconceito, que só existe por conta da desinformação, da falta de conhecimento e também da falta de empatia de muitos seres humanos.

É contagiosa?

A psoríase é 0% contagiosa. Ou seja, é impossível você pegar a doença pelo simples fato de encostar na pessoa, abraçar, conversar, beijar, transar, ou qualquer tipo de contato. Pode ficar tranquilo, a doença não vai passar para você.

Existem vários tipos de psoríase, umas mais leves e outras mais graves e nenhuma delas é contagiosa. Vença o seu preconceito a partir da informação e do conhecimento.

psoriase tem cura

A psoríase tem cura?

A psoríase é ainda uma doença misteriosa para a ciência mundial. Não se sabe a causa do problema, com isso fica difícil encontrar uma cura. Porém, mesmo assim, existem tratamentos que lidam com o principal sintoma que o aparecimento de manchas pela pele.

O tratamento é feito a base de hidratantes aplicados diretamente na pele manchada, exposição ao sol nos horários certos e por pouco tempo, luz ultravioleta A em situações de média gravidade e medicação oral e injetável em pacientes com uma psoríase mais grave.

Assim que aparecer alguma mancha, verruga, ou pinta diferente na sua pele, vá até um dermatologista, faça todos os exames e descubra se é uma doença ou não. Quanto antes se verificar a existência da psoríase é melhor o tratamento, a estagnação das manchas e até mesmo a recuperação de áreas lesionadas pela enfermidade.

Tratamento natural – Adeus Psoríase

Se você sofre com a psoríase, provavelmente vai gostar de conhecer o Adeus Psoríase, um método desenvolvido pelo Alberto, que também passa por esse problema e depois de pesquisar muito e testar todo tipo de remédios e pomadas, acabou encontrando uma forma de se livrar de vez das dores, incômodos e constragimentos que ele viveu por quase 30 anos.


CLIQUE AQUI E VEJA A APRESENTAÇÃO EM VÍDEO DO ALBERTO!


O Alberto é a prova de que os métodos ensinados no Adeus Psoríase realmente funcionam, já que tudo foi testado por ele antes da iniciativa dele de criar esse  livro digital e disponibiliza-lo para vender e com isso transformar a vida de tantas pessoas que também vivem com a psoríase.

Veja a seguir quais são os benefícios do Adeus Psoríase:

  • Não exige investimento em remédios e pomadas caras
  • Pode ser feito por homens e mulheres de qualquer idade
  • Os resultados são garantidos
  • Melhora a autoestima das pessoas com psoríase
  • Atualizações vitalícias gratuitas
  • Bônus gratuitos

Como faço para comprar? Qual é o preço?

O Adeus Psoríase é um livro digital, e por isso a sua compra também deve ser feita através da internet. O site oficial para fazer a compra é o https://www.adeuspsoriase.info/. 

Atualmente, o livro principal e todos os bônus estão disponíveis por um preço promocional. É possível adquirir por 97 reais. Você pode comprar no boleto bancário ou no cartão de crédito, sendo que no boleto você pode inclusive parcelar.

Clique aqui para comprar o seu Adeus Psoríase

É hereditária?

Hereditariedade é o ato de se passar algo de pai ou mãe para os filhos. A psoríase não é hereditária, mas tem alto componente genético. Ou seja, não quer dizer que se a sua mãe tem, você também vai ter. Mas pode ser que o seu bisavô teve, nenhum outro descendente tenha tido e você tenha.

A carga genética relacionada como causa da psoríase é de 30% de chance. Ou seja, se alguém da sua família teve ou tem psoríase, há 30% de chance de você também ter. Mas ela não é a única possível causa dessa enfermidade.

Apesar de não ter uma resposta conclusiva, cientistas descobriram alguns fatores de risco. São eles:

  • Lesões na pele;
  • Estresse;
  • Infecções na garganta e na pele;
  • Fumo;
  • Variações climáticas;
  • Álcool;
  • Uso frequente de antidepressivos; e
  • Alterações bioquímicas.

Tipos de psoríase

Existem alguns tipos de psoríase: do couro cabeludo, gutata, pustulosa, em placa, inversa, eritrodérmica e artrite. Veja abaixo como funciona cada uma delas:

  • Psoríase do couro cabeludo: atinge de 50% a 80% das pessoas que possuem a doença e ataca o couro cabeludo. Pode ser leve até muito grave;
  • Psoríase gutata: atinge mais crianças e adolescentes. Aparecem pequenos pontos vermelhos pelo corpo que podem depois se transformarem em placas.
  • Psoríase em placas: é a mais comum de todas. O paciente tem placas avermelhadas e escamosas em áreas específicas da pele, como nos joelhos, cotovelos, costas e couro cabeludo.
  • Psoríase inversa: é a forma mais incomum da doença. As manchas são vermelhas, brilhantes e lisas. Ficam normalmente nas dobras do corpo, como as axilas, a parte debaixo dos seios e virilha.
  • Psoríase eritrodérmica: é uma das etapas mais graves da doença, apesar de ser bem rara. As manchas escamosas cobrem praticamente o corpo inteiro.
  • Artrite psoriásica: 30% das pessoas com psoríase podem ter inflamação, dores, rigidez e inchaço nas articulações.

Muitas pessoas precisam ler este texto para ter maior conhecimento a respeito da psoríase. Se você alguém que tem preconceito com os portadores da doença, compartilhe este texto com essa pessoa e peça para ela lê-lo com cuidado e atenção.

Recomendamos para você:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 3,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *