Reposição Hormonal: Entenda as consequências, quais os melhores remédio para essa fase e muito mais!

0
Reposição Hormonal: Entenda as consequências, quais os melhores remédio para essa fase e muito mais!

Tanto nas mulheres quanto nos homens, em determinada idade, pode ser necessário fazer uma reposição hormonal. Nas mulheres esse período é chamado de menopausa, e nos homens, andropausa. Nesse momento, o corpo passa a apresentar quedas das taxas hormonais e para viver uma vida sem desconfortos é preciso repor a quantidade desses hormônios.

Nosso corpo passa a vida mudando conforme cada fase em que estamos. Isso é natural da evolução. Ao caminhar para idade mais avançada, algumas substâncias em nosso organismo podem acabar não sendo produzidas em quantidade suficientes. Uma delas são os famosos hormônios.

Veja abaixo tudo o que você precisa fazer para superar esse momento da melhor maneira possível!

O que é e a partir de qual idade realizar?

reposição hormonal

A reposição hormonal é nada mais do que o próprio nome diz: a necessidade de repor alguns hormônios que estão em menor quantidade no corpo. Sem eles, homens e mulheres passam a ter sintomas desagradáveis pela falta que eles fazem no organismo. Para saber da real necessidade, é importante avaliação através de exames por um profissional.

A idade em que é necessário realizar a reposição hormonal pode variar bastante. Mas em geral, na mulher ela começa entre os 45 a 55 anos. Pois é nessa faixa etária que o sexo feminino começa a passar pelo término do ciclo menstrual e ovulatório, chegando na menopausa. Já nos homens, costuma ser após os 50 anos, que é a idade em que começa a ter menos produção de testosterona.

Reposição hormonal masculina

masculino

Fala-se muito da reposição hormonal nas mulheres, mas esquecem que muitos homens também podem precisar. Cerca de 15% dos homens entre 50 e 60 anos precisam repor a testosterona, já para os homens de 80 anos essa taxa pode chegar a 50%. Para saber da necessidade, é preciso se consultar com um endocrinologista ou urologista.

Dentre os principais sintomas que mostram a necessidade de repor os hormônios neles são:

  • Declínio do interesse sexual;
  • Dificuldade de ereção;
  • Falta de concentração e capacidade intelectual;
  • Perda de pelos;
  • Ganho de peso;09
  • Diminuição de massa e força muscular;
  • Irritabilidade;
  • Insônia.

É importante destacar que mesmo que o corpo do homem esteja produzindo menos hormônio, isso não determina o fim de sua fertilidade. Ainda é possível que eles engravidem uma mulher mesmo com taxas menores da testosterona, mas as chances são menores.

Ao realizar o tratamento de reposição hormonal, o homem tem melhora na disposição sexual e também na libido, além de ter os sintomas amenizados.

Há algumas formas de repor, sendo comum o uso de comprimidos de acetato de ciproterona, acetato de testosterona ou undecanoato de testosterona como o Durateston, gel de dihidrotestosterona, injeções de cipionato, decanoato ou enantato de testosterona (aplicadas 1 vez por mês) e adesivos ou implantes de testosterona.

É importante sempre realizar o tratamento com acompanhamento, pois a reposição pode trazer alguns efeitos colaterais indesejados como: agravamento de câncer na próstata, aumento do risco de doença cardiovascular, aumento da toxicidade do fígado, aparecimento ou piora da apneia do sono, acne e oleosidade da pele e aumento anormal da mama ou aparecimento de câncer de mama.

Reposição hormonal feminina

reposição hormonal feminina

Nas mulheres a reposição hormonal deve ser feita com orientação de um ginecologista. Dentre os principais sintomas que mostram a necessidade dessa reposição, estão:

  • Perda de memória;
  • Depressão e ansiedade;
  • Oscilações de humor;
  • Perda de massa óssea;
  • Dores de cabeça;
  • Perda da libido;
  • Secura vaginal.

Essa reposição pode ser feita por via transdérmica (usando gel ou adesivo) como também oral. Os medicamentos que podem ser receitados são: Premarin, Natifa Pro e Tibolona.

Como nos homens, pode existir alguns efeitos colaterais como aumento do endométrio, aumento de triglicérides, retenção de líquidos e aumento da pressão arterial.

Reposição hormonal natural engorda?

natural

A reposição hormonal pode alterar a forma que seu corpo realiza as funções naturais. Geralmente o envelhecimento natural do corpo causa por si só uma maior tendência ao ganho de peso e aumento da gordura na região abdominal. Por isso é preciso avaliar de forma individual se essa reposição pode ter afetado isso.

É possível auxiliar o corpo a regular os hormônios de forma natural, geralmente podem ser indicados como forma auxiliar ao tratamento medicamentoso. Para as mulheres, o chá de amora é uma ótima opção. É só ferver 500 ml de água e inserir 5 folhas de amoras picadas. Tampe e deixe repousar por 10 minutos. Aí é só coar e beber de 2 a 3 vezes ao dia.

Além disso, plantas medicinais como Erva-de-São-Cristóvão, Árvore-da-Castidade, Pé-de-leão ou Salva também podem ser opções. Já nos homens, é indicado inserir na dieta alimentos como: amêndoas, castanha de caju, amendoim, nozes, salmão, azeite e ostras para auxiliar no aumento da produção da testosterona.

 

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *