Síndrome de Burnout: Saiba tudo sobre esse distúrbio que é muito comum nos tempos atuais!

0
Síndrome de Burnout: Saiba tudo sobre esse distúrbio que é muito comum nos tempos atuais!

A Síndrome de Burnout é um distúrbio muito comum e que a cada dia atinge mais pessoas em todo o planeta. Isso tudo porque ela está intimamente ligada ao ritmo de vida que as pessoas possuem atualmente, trabalhando muito e tendo pouquíssimo tempo para si mesmo, para a família e os amigos.

Nos tópicos a seguir você vai entender, de uma vez por todas, o que é a Síndrome de Burnout, como ela age, os sintomas, as causas, se há tratamento e outras respostas para as suas principais perguntas. Confira!

O que é a Síndrome de Burnout?

De acordo com o próprio criador do termo, o pesquisador Herbert Freudenberg, a Síndrome de Burnout é “um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional”.

Ou seja, é um problema psíquico que atinge as pessoas que trabalham tanto que não conseguem ter uma vida normal durante as outras poucas horas do dia que elas têm para viver. O cansaço, o estresse, ansiedade, tudo toma conta do corpo e da alma da pessoa e ela fica sem forças para poder participar das outras partes da vida dela.

gráfico Síndrome de Burnout

 

Quais as causas?

As causas desse distúrbio é a vida que se leva atualmente nas grandes cidades, grandes centros. É trabalho demais, vida corrida demais, informação demais, responsabilidades demais e tempo de menos para fazer isso tudo.

Toda essa junção de uma vida extremamente desregulada, desequilibrada e cansativa faz com que muitas pessoas tenham esse distúrbio e passam a ter uma realidade de vida muito cansativa, estressante, ansiosa, tudo que pode fazer muito mal para a saúde mental.

Quais são os sintomas da Síndrome de Burnout?

Os sintomas são bem parecidos com a da depressão, a diferença é que a causa disso tudo é o excesso de trabalho, de estudo, de responsabilidades. Com isso, o paciente fica muito cansado, o tempo inteiro, muita dor de cabeça, alterações no apetite, insônia, sentimentos de insegurança, de fracasso, de que tudo vai dar errado, sem esperança, derrotado, vontade de se isolar e dificuldades para se concentrar e se dar bem no trabalho e nas outras partes da vida.

Tudo isso tem a ver com a insegurança trazida pelos tempos atuais. Em épocas de crise, essa síndrome fica ainda mais evidente, porque além do estresse do trabalho tem o estresse da possibilidade de perder o emprego.

Síndrome de Burnout  pressão

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito com base nos testes e consultas feitas com psicólogos e psiquiatras que vão analisar tudo que o paciente disse e fizer e, a partir daí, definir qual distúrbio ou transtorno que ele tem. Ocorre da mesma forma que as outras principais doenças psiquiátricas, como depressão, ansiedade e outras.

Como evitar a Síndrome de Burnout?

A melhor forma de evitar a Síndrome de Burnout é levando a vida de uma maneira mais leve. Muito fácil falar isso, escrever isso, o difícil é fazer e ter uma vida dessa forma com as contas chegando todos os meses, o medo do desemprego, os filhos na escola, entre outras preocupações que todos possuem.

Então, se a pessoa já tem uma predisposição a ter mais ansiedade nessas situações, estresse, falta de controle emocional e outros sintomas, é muito difícil conter o surgimento da síndrome sem ajuda profissional.

Por isso, a melhor forma de evitar a Síndrome de Burnout e outras doenças psiquiátricas é fazendo terapia ou análise com psicólogos formados, especializados, que vão saber cuidar bem da sua vida. Além disso, se esforçar ao máximo para organizar o seu tempo, as suas atividades, ter um momento para você, para sua família e amigos. O trabalho é importante, mas não é tudo na vida.

Outra dica importante é fazer atividades relaxantes, jamais vender suas férias, praticar exercícios físicos, meditação e yoga. Enfim, fazer atividades que te deixam mais calmo, menos estressado, mais relaxado.

Em caso de necessidade, o psiquiatra vai te passar algum remédio que te ajude a se livrar dos sintomas dessa síndrome, como a ansiedade e o estresse. Só não se esqueça que a cura só quem pode trazer é o psicólogo, a terapia, a análise. O remédio só trata os sintomas. Nada além disso.

Se tiver ainda restado alguma dúvida sobre a Síndrome de Burnout, deixe o seu comentário aqui embaixo!

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *