Terçol: Aprenda como surge e como tratar em casa essa infecção!

0
Terçol: Aprenda como surge e como tratar em casa essa infecção!

Vira e mexe alguém aparece com esse carocinho no olho e fica se perguntando o que ele é, e o que fazer para que desapareça. No verão o terçol se torna cada vez mais comum, por isso é importante encontrar maneiras de se prevenir deste incomodo. Nos próximos parágrafos você irá tirar suas dúvidas e descobrir o tratamento para essa doença. Vem com a gente!

Terçol no olho

O terçol nada mais é que uma inflamação que pode se instalar em uma pequena região da pálpebra perto dos cílios, ou nela por completo. Ás vezes pode ser confundido pelo seu aspecto com o calázio, doença semelhante, sendo que esta não causa dor.

Está espécie de furúnculo contém pus e pode ser tanto interno quanto externo, deixando a região inchada e vermelha.  Em alguns casos pode ocorrer secreção gordurosa nos olhos, principalmente quando a área é friccionada. Por isso, não é recomendado que fique passando a mão e esfregando o local, principalmente sem lavar as mãos adequadamente, pois isso pode espalhar e contaminar mais áreas dos olhos. O que pode prolongar a infecção por mais dias.

Como surge

Pode atingir pessoas de qualquer faixa etária, sendo provocado por uma bactéria, que é normalmente encontrada na pele, porém quando proliferada em excesso pode causar algumas inflamações.

O grande causador do terçol pode ser a falta de higiene nos olhos, deixando-os vulneráveis para a reprodução de bactérias. Além das chances serem maiores para pessoas com pele oleosa e baixa imunidade.  O nome correto para essa inflamação é hordéolo, e é mais comum de atingir as glândulas que ficam na parte externa da pálpebra.  apesar de ser incômoda ela desaparece em poucos dias, assim como surge. Então você não precisa de fazer nada, além de evitar ficar esfregando os olhos, usar lentes de contato, usar soro fisiológico e em alguns casos tomar medicamentos para dor.

Sintomas do Terçol

Existem dois tipos de inflamação que são chamadas de Terçol, a externa e a interna, que se caracteriza por um cisto, que não maligno, porém é necessário procedimento cirúrgico para retirá-lo. A mais comum é o hordéolo que surge em tempos secos e com temperaturas elevadas. Conheça alguns sintomas para identificar essa infecção:

  • Aparecimento de um pequeno ponto com pus no entorno do olho;
  • Pálpebra vermelha e inchada;
  • Dor e coceira;
  • Sensibilidade à luz.
  • É muito difícil perceber as diferenças do terçol para o calázio, mas você pode notar alguns sinais:
  • Não dói;
  • Se desenvolve e desaparece mais devagar;
  • Às vezes cresce mais que o terçol, e pode bloquear a visão, precisando de uma cirurgia para retirá-lo.
  • Também separamos algumas dicas de prevenção para evitar o aparecimento do terçol:
  • Evite compartilhar e ficar muito tempo com maquiagens, e retire-a antes de dormir;
  • Não coce os olhos com as mãos sujas;
  • Tenha cuidados na hora de manusear lentes de contato;
  • Lave frequentemente os olhos e as mãos;
  • Tenha uma alimentação balanceada, pois ajuda na proteção do organismo contra diversas doenças;
  • Toalhas de banho e rosto não devem ser compartilhadas.

terçol maquiagem

Como curar terçol?

Normalmente desaparece sozinho dentro de alguns dias. Mas ao notar os sinais listados acima, é recomendável que procure orientação médica, pois outras doenças mais sérias podem estar associadas a esses sintomas, e somente o especialista pode avaliar o caso e lhe indicar os procedimentos necessários.

Na maioria das vezes o tratamento é bem simples. É realizada a aplicação de calor úmido no local, como compressas de água quente, ou é indicado aplicação de colírios e pomadas. Para idosos e pessoas debilitadas pode ser apropriado o uso de antibióticos via oral.

Antes de aplicar os medicamentos, as mãos e os olhos devem ser bem higienizados com água e soro fisiológico, além da utilização de materiais descartáveis, como gazes. Também são indicados alguns shampoos de PH neutro para limpeza da área afetada.

Cuidados para não espalhar a infecção

É imprescindível que a pessoa tome alguns cuidados para que o terçol não se complique, por exemplo:

  • Não usar maquiagens durante o período de infecção;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Jogar fora maquiagens e objetos contaminados, a fim de não haver novas inflamações depois do fim do tratamento;
  • Não espremer, cutucar ou irritar o terçol;
  • Não usar lentes e óculos por alguns dias;
  • Evite colocar a mão na área afetada, e caso o faça, higienize bem as mãos antes;
  • Não canse os olhos, utilizando computadores ou lendo, por exemplo;
  • Deixe que o terçol estoure sozinho;
  • Não utilizar remédios ou tratamentos caseiros (como colocar uma aliança quente no olho), pois isso pode levar a uma infecção mais grave;
  • Não se medique sem consultar um médico.
    terçol no olho

Terçol é contagioso?

Apesar de a população acreditar que sim, a maioria dos especialistas afirma que não é contagioso. Mas alguns cuidados devem ser tomados para que o terçol não se espalhe de um olho para o outro, sendo que raramente pode infectar outras pessoas. Por isso evite compartilhar objetos pessoais, como toalhas, roupas de cama e travesseiros.

Isso acontece porque ele não é proliferado no ambiente, e o paciente e pessoas próximas devem evitar tocar o olho contaminado. Caso isso aconteça, devem lavar bem as mãos, antes de encostar nos olhos que não estão afetados.

Esperamos que nossas dicas tenham lhe ajudado. Deixe sua opinião e dúvidas nos comentários!

 

 

 

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *