Tipos de histerectomia: O que é? Quais são os tipos? Possui riscos? Engorda?

0
Tipos de histerectomia: O que é? Quais são os tipos? Possui riscos? Engorda?

O útero é um órgão muito importante para uma mulher, porém podem acontecer alguns problemas que façam com que ele precise ser removido a fim de tentar evitar que prejudique a saúde. Há alguns tipos de histerectomia para realizar a retirada do útero e ela só se torna uma opção quando todos os outros tratamentos já não fazem mais efeito.

Você já ouviu falar na histerectomia? Sabe o que é e quais são as possíveis complicações que podem trazer? Ainda não? Pois então esse artigo é para você, continue conosco e confira a seguir tudo sobre essa cirurgia.

O que é histerectomia?

A histerectomia é uma cirurgia de remoção do útero, sendo que ela é indicada para mulheres que possuem problemas graves na região pélvica. Pode-se destacar, por exemplo, prolapso uterino, miomas, hemorragias frequentes, endometriose grave e principalmente, câncer de colo de útero e nos ovários em estágios mais avançados.

É importante ressaltar que antes de realizar a retirada do útero a mulher deverá passar por outros tratamentos alternativos para dar fim a doença. Se nenhum outro tratamento surtir efeito será feito a remoção do útero.

Em alguns casos, a depender do estágio da doença, pode ser que seja necessário remover também os ovários e as trompas.

Existem vários tipos de histerectomia. Confira abaixo quais são eles!

Parcial

A parcial, conforme o próprio nome já diz, trata de um tipo de histerectomia, realizado quando é removido apenas uma parte do útero . Assim, o colo do útero irá continuar e a mulher deve continuar fazendo o exame de Papanicolau anualmente.

curativo histerectomia

Histerectomia Abdominal

Nessa histerectomia o abdômen é removido por meio de uma incisão no abdômen, que pode ser vertical ou horizontal.

Esse tipo é o mais indicado quando o útero está grande devido a alguma complicação. Porém, ela poderá trazer dor e desconforto ao paciente, além do mais, sua recuperação é mais longa.

Radical

Nesse tipo de cirurgia vai haver a retirada do corpo e do colo do útero. Além de serem removidos também as trompas, ovários e o tecido vaginal que fica em volta do colo do útero.

A histerectomia radical normalmente é a mais indicada em casos de câncer em estágio avançado.

Cirurgia de histerectomia

A cirurgia de histerectomia é realizada por um médico cirurgião ginecológico, por um médico cirurgião, ou ainda por um cirurgião oncológico que vão diagnosticar dentre os tipos de histerectomia, a qual será realizada.

Geralmente a cirurgia dura em torno de 2 horas, podendo ser alterada conforme a necessidade de cada quadro e também, dentre os tipos de histerectomia, o procedimento que será feito.

Existem várias tipos de histerectomia de se realizar o procedimento, algumas maneiras que podemos mencionar são:

Vaginal

O útero é retirado pela vagina e antes de realizar a sua remoção é necessário separar o útero dos seus anexos. Para realizar esse procedimento é necessário que o útero não sofra variações de tamanho.

O tempo de recuperação da histerectomia vaginal é menor do que a histerectomia abdominal.

Histerectomia laparoscópica

Essa cirurgia é feita através de um corte na região abdominal ou na vagina. É necessário utilizar instrumentos finos e longos com uma câmera acoplada para conseguir realizar o procedimento.

Nesse caso o útero também irá sair pela vaginal, porém em pedaços bem menores.

desenho

Engorda?

Muitas mulheres relataram que tiveram um ganho de peso após realizar a histerectomia, porém não existe nenhum motivo aparente que justifique esse ganho de peso.

Algumas pessoas acreditam que a cirurgia pode engordar por que há uma alteração hormonal que pode levar a retenção de líquido e a mulher não poderá fazer exercícios físicos durante um tempo.

Histerectomia é perigosa?

Assim como todas as cirurgias, a histerectomia poderá gerar vários tipos de complicações e seus riscos, podem variar conforme os tipos de histerectomia que será escolhido para realizar o procedimento. Mas, em geral é possível dizer que  se ela for feita por profissionais qualificados as chances de sucesso são muito grandes.

Complicações

Podem ocorrer alguns tipos de complicações no processo de retirada do útero, como podemos destacar:

Além do mais, a mulher poderá ter alguns problemas emocionais, pois o útero é um dos símbolos de feminilidade, e sua retirada pode abalar a mulher emocionalmente e fazer com que ela precise de muito apoio da família e dos amigos.

Ainda tem alguma dúvida sobre a histerectomia? Deixe um comentário que iremos responder você assim que for possível.

Recomendamos para você:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *