Chikungunya: Quais as formas de tratamento? E se for na gravidez? Saiba tudo sobre a doença!

0
Chikungunya: Quais as formas de tratamento? E se for na gravidez? Saiba tudo sobre a doença!

O mosquito Aedes aegypti é um verdadeiro terror no Brasil. Ele é transmissor de diversas doenças, sendo a mais famosa a dengue e uma das mais perigosas a febre chikungunya. Essa doença é muito grave, muito dolorida e pode deixar a pessoa até incapacitada por certos períodos.

Nos tópicos a seguir você vai ter respostas para as principais dúvidas sobre a chikungunya. Se ela tem cura, os principais sintomas, o tratamento, entre outras informações relevantes. Confira!

O que é chikungunya?

A chikungunya trata de uma doença muito parecida com a dengue. A transmissão ocorre da mesma forma: pela picada do mosquito Aedes aegypti que esteja infectado pelo vírus e de forma incomum, pelo mosquito Aedes albopictus. Por serem parecidas, os sintomas também se assemelham, assim, o paciente vai sentir mal-estar, dores pelo corpo, febre, apatia, cansaço e dor de cabeça.

Contudo, a diferença da febre chikungunya é que a partir do momento que o vírus acessa a corrente sanguínea, ele se multiplica e afeta as articulações. Dessa forma, ao atingir as juntas do paciente, causa inflamações com fortes dores e ainda, inchaço e muita vermelhidão.

Aedes aegypti

Tem cura?

A chikungunya é uma doença muito recente e ainda carente de pesquisas para saber se o tratamento tem total eficácia ou não. Pode-se dizer que com o uso correto dos medicamentos, os sintomas podem acabar e a pessoa ter uma vida normal, mas não se pode afirmar ainda que a doença tem cura.

Existem muitos relatos de pacientes que voltaram a ter os sintomas da chikungunya meses ou até um ano depois de ter sido picado pelo mosquito e contraído a doença. Por isso, ainda é necessário bastante estudo na área para descobrir a verdadeira cura para essa infecção.

Qual o agente etiológico?

A chikungunya, assim como todas as principais doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, é um vírus. O termo significante desse vírus é a sigla CHIKV.

Esse vírus pertence à família Togaviridae e é transmitido pelo aegypti e também, em casos bem específicos, pelo Aedes albopictus.

Quais os perigos  da chikungunya na gravidez

A chikungunya, quando tratada no tempo certo, é controlada e faz com que a pessoa volte a ter uma vida normal. O problema é que ela pode ser muito grave, quando deixada de lado e não tratada e também quando adquirida durante a gravidez.

Por isso, a prevenção é muito importante, principalmente, em grávidas que devem usar sempre repelente, ter uma casa com telas, dedetizada, para evitar o contágio dessa doença. No caso das grávidas, a chikungunya pode causar o aborto espontâneo, o nascimento precoce do bebê com má formação dos órgãos cardíacos e neurológicos e o vírus pode passar de mãe para filho, embora seja raro.

Com a mulher, ela pode ter sangramentos, insuficiência renal, respiratória e também a grave meningoencefalite.

quadro chikungunya

Deixa sequelas?

Por conta da possível má formação de bebês com mães que possuem o vírus, existe sim a possibilidade da criança nascer com sequelas, principalmente por conta da falta do desenvolvimento completo do sistema neurológico.

Em adultos, crianças, e mulheres não grávidas, podem haver também problemas que durem meses ou anos, como as dores nas articulações e em demais partes do corpo que podem deixar a pessoa incapacitada por alguns dias ou semanas.

Existe vacina para chikungunya?

Não existe vacina para o vírus da chikungunya. Apesar disso, os estudos estão avançados e a ciência promete descobrir uma vacina potente e um soro eficiente em pouco tempo.

Quais os sintomas?

Como o próprio nome da doença diz, o principal sintoma da chikungunya é a febre, que é alta, acima dos 39 graus. Além disso, o paciente sente dores e inchaço nas articulações, muito fortes, que podem deixá-lo incapacitado por algum período.

Há também situações com inflamações na pele, dor nas costas e nos músculos, cansaço extremo, hipersensibilidade à luz, calafrios, vermelhidão nos olhos, dor de cabeça, diarreia, vômito, dor abdominal, dor intensa atrás dos olhos.

O que pode tomar se estiver com chikungunya?

Se você sentir algum desses sintomas, procure, imediatamente, o médico, para fazer os exames e iniciar o tratamento de forma correta. Não tome medicamentos por conta própria, pois pode piorar a sua situação e deixar a doença ainda mais grave.

Remédios como corticoides, AAS, aspirina e outros não devem ser tomados de forma alguma, pois eles pioram a situação do paciente e podem até provocar a morte dele. Por isso, vá até o médico, que ele vai te indicar os remédios exatos para o tratamento da chikungunya.

Se tiver ainda alguma dúvida a respeito da febre chikungunya, deixe o seu comentário aqui embaixo!

Você Também Irá Curtir

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *